Arquivos
 10/08/2014 a 16/08/2014
 06/04/2014 a 12/04/2014
 27/10/2013 a 02/11/2013
 16/06/2013 a 22/06/2013
 29/07/2012 a 04/08/2012
 01/05/2011 a 07/05/2011
 12/12/2010 a 18/12/2010
 14/11/2010 a 20/11/2010
 10/10/2010 a 16/10/2010
 08/08/2010 a 14/08/2010
 11/07/2010 a 17/07/2010
 04/07/2010 a 10/07/2010
 27/06/2010 a 03/07/2010
 28/03/2010 a 03/04/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 07/02/2010 a 13/02/2010
 31/01/2010 a 06/02/2010
 10/01/2010 a 16/01/2010
 27/12/2009 a 02/01/2010
 13/12/2009 a 19/12/2009
 29/11/2009 a 05/12/2009
 22/11/2009 a 28/11/2009
 15/11/2009 a 21/11/2009
 01/11/2009 a 07/11/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 27/09/2009 a 03/10/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 09/08/2009 a 15/08/2009
 12/07/2009 a 18/07/2009
 21/06/2009 a 27/06/2009
 03/05/2009 a 09/05/2009
 22/03/2009 a 28/03/2009
 15/03/2009 a 21/03/2009
 08/03/2009 a 14/03/2009
 11/01/2009 a 17/01/2009
 07/12/2008 a 13/12/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 26/10/2008 a 01/11/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 07/09/2008 a 13/09/2008
 31/08/2008 a 06/09/2008
 29/07/2007 a 04/08/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007

Votação
 Dê uma nota para meu blog



Blog de montgomeryvasconcelos
 


Professor concursado em 1º lugar desde 1991 à carreira do magistério superior da UFMS, doutor em Comunicação e Semiótica/PUC-SP, presidente da Fucirla-SP, propõe extinção da USP e MEC. Continuação...

manifesto antiusp I

Urge debate sobre extinção da Universidade de São Paulo-USP/ Ministério da Educação-MEC, polícias corruptas e violência, indústria sem chaminé da segurança pública e privada, do ensino público e privado, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União. Propõe-se medidas imediatas às polícias corruptas, que serão substituídas pela Centúria Oficial Central de Alfabetização-COCA[COC’s - Companhias de cem soldados, pra cada Centúria, subordinados aos Centuriões, comandados pelo Centurião Oficial Central e sua Guarda Pretoriana] junto ao Ministério da Alfabetização, Ministério de Assuntos Estratégicos do Brasil, Ministério da Defesa, Ministério da Justiça, Forças Armadas e Presidência da República.

A Centúria Oficial Central de Alfabetização-COCA objetiva combate radical à corrupção na Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC no ensino público e privado, à mentira, à desmoralização da segurança pública e privada, à desordem, à desonra, à indignidade, à indecência, à imoralidade, ao descontrole militar e civil, como também ao desserviço do dever cívico.

2ª Sugestão pra debate nacional sobre a corrupção na Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC no ensino público e privado, nos meios de comunicação e proposta pra criação duma Central Oficial de Comunicação e Alfabetização-COCA na União, com participação de autoridades políticas, civis, militares, religiosas, filantrópicas e o fofoqueiro oficial.

A Central Oficial de Comunicação e Alfabetização-COCA objetiva à imparcialidade na busca da verdade como a arma mais eficaz no combate radical à corrupção na Universidade de São Paulo-USP/ Ministério da Educação-MEC, no ensino público e privado, à mentira, à desmoralização da segurança pública e privada, à desordem, à desonra, à indignidade, à indecência, à imoralidade, ao descontrole social, à incivilidade e ao desserviço do dever cívico.

3ª Sugestão pra debate nacional sobre corrupção da Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC, no ensino público e privado, enchentes e proposta pra criação da Central Oficial Corretiva de Saneamento Básico, Comunicação e Alfabetização-COCA, com participação de autoridades políticas, civis, militares, religiosas, filantrópicas e o fofoqueiro oficial.

4ª Sugestão pra debate nacional sobre corrupção da Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC, no ensino público e privado, no Senado estróina e Congresso Nacional estróina. Propõe-se como medida imediata a criação duma Central Oficial Científica de Política, Comunicação e Alfabetização-COCA, com participação de autoridades políticas, civis, militares, religiosas, filantrópicas e o fofoqueiro oficial.

1. Viva criação do Ministério da Alfabetização contra corrupção da Universidade de São Paulo-USP/MEC a ser extintos pelos fracassos na Alfabetização e no ENEM! Viva extinção da Universidade de São Paulo-USP/MEC por causa de sua Omissão na Intervenção do Supremo Tribunal Federal que anula Diploma de Jornalismo nos Cursos de Comunicação Social! Viva extinção da Universidade de São Paulo-USP/MEC pela sua vergonhosa classificação em 53º no Programa Internacional de Avaliação de Alunos-PISA, crimes inimputáveis ao Art. 214 da Constituição Brasileira, erradicação do analfabetismo. Contudo, o que se vê de Norte a Sul, Leste a Oeste do País são brasileiros analfabetos em pleno 3º milênio, como se não lhes bastasse 3ª Guerra Mundial disfarçada de Crise Econômica Global dos EUA e da Europa estróinas!

2. Viva criação do Ministério da Alfabetização que tem de substituir a Universidade de São Paulo-USP/MEC nesta 3ª Guerra Mundial, a Crise Econômica Global dos EUA e Europa estróina!

3. Viva debate nacional sobre Ministério da Alfabetização e extinção da Universidade de São Paulo-USP/MEC na 3ª Guerra Mundial, crise econômica global dos EUA e Europa estróina, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso contra Brasil e 20 países da América Latina!

4. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção, indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio da segurança pública e privada, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

5. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio das polícias, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

6. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio da política nacional, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

7. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio da saúde pública e privada, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

8. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio da educação pública e privada, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

(Prof. Dr. Montgomery Vasconcelos é concursado em 1º lugar desde 1991 à carreira do magistério superior na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/UFMS, Doutor em Comunicação e Semiótica/PUC-SP e presidente da Fundação Científica Reis de Leão e das Astúrias/FUCIRLA-SP)



Escrito por montgomeryvasconcelos@bol.com. às 11h32
[] [envie esta mensagem
]





Professor concursado em 1º lugar desde 1991 à carreira do magistério superior da UFMS, doutor em Comunicação e Semiótica/PUC-SP, presidente da Fucirla-SP, propõe extinção da USP e MEC. Continuação...

manifesto antiusp II

9. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio da cultura pública e privada, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

10. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio da comunicação pública e privada na mídia, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

11. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio do saneamento básico público e privado, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

12. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio da merenda escolar de crianças do ensino público e privado, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

13. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio do transporte público e privado, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

14. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio da moradia pública e privada, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

15. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio das Centrais públicas e privadas do trabalho, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

16. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio do funcionalismo público e privado, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

17. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio do nepotismo no funcionalismo público e privado, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

18. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio do clientelismo no funcionalismo público e privado, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União!

19. Viva Ministério da Alfabetização contra corrupção na indústria sem chaminé da Universidade de São Paulo-USP/MEC, por meio do fisiologismo, da violência no funcionalismo público e privado com seu corporativismo perverso e criminoso no congresso nacional estróina, no senado estróina e na União!

 

Contudo, diante do fato irrefutável da crise e corrupção na Universidade de São Paulo-USP/MEC, que fracassam na alfabetização nacional, no alarmismo internacional perverso e criminoso dessa 3ª Guerra Mundial, contaminada até com o vírus H1N1 de gripe suína, o Presidente Lula tem razão: “A crise é uma marolinha” dos Estados Unidos da América do Norte-EUA e da Europa estróina de moeda Euro, por quê? Porque há solução pra crise e corrupção da Universidade de São Paulo-USP/MEC e dos EUA/Europa, no povo brasileiro, único a praticar impeachment quando necessário na conjuntura nacional interna, que dirá nessas feras e quimeras estrangeiras: “Fera em País alheio é Bela!”

Ressalte-se As Scismas do Destino, poema que decifra crise de alfabetização da Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC e 3ª Guerra Mundial pusilânime, disfarçada de crise econômica global dos Estados Unidos da América do Norte/EUA e da Europa estróina de moeda Euro, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso contra Brasil e 20 países da América Latina, a saber: “Porque ha de haver aqui tantos enterros?!(...) Ha o malvado carbúnculo que mata(...) Os pòrcos espojando-se nas poças(...) Fórma diffusa da matéria imbelle,/Minha philosophia te repelle,/Meu raciocinio enorme te condemna!”[Augusto dos Anjos, 1912: 30 in EU]

Afinal de contas, quando foi que o povo brasileiro viveu sem crise e sem corrupção? Lembram-se do Brasil antes, durante e depois de JK, do Brasil nas ditaduras Vargas, militar? Enfim, lembram do Brasil/República, e até do Brasil/1500 em sua cena inaugural no Descobrimento de Pedro Álvares Cabral[c.1467-1520]? Contudo, diante do fato irrefutável da crise e corrupção na Universidade de São Paulo-USP/MEC, que fracassam na alfabetização nacional, no alarmismo internacional perverso e criminoso dessa 3ª Guerra Mundial, contaminada até com o vírus H1N1 de gripe suína, o Presidente Lula tem razão: “A crise é uma marolinha” dos Estados Unidos da América do Norte-EUA e da Europa estróina de moeda Euro, por quê? Porque há solução pra crise e corrupção da Universidade de São Paulo-USP/MEC e dos EUA/Europa, no povo brasileiro, único a praticar impeachment quando necessário na conjuntura nacional interna, que dirá nessas feras e quimeras estrangeiras: “Fera em País alheio é Bela!”

Ressalte-se As Scismas do Destino, poema que decifra crise de alfabetização da Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC e 3ª Guerra Mundial pusilânime, disfarçada de crise econômica global dos Estados Unidos da América do Norte/EUA e da Europa estróina de moeda Euro, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso contra Brasil e 20 países da América Latina, a saber: “Porque ha de haver aqui tantos enterros?!(...) Ha o malvado carbúnculo que mata(...) Os pòrcos espojando-se nas poças(...) Fórma diffusa da matéria imbelle,/Minha philosophia te repelle,/Meu raciocinio enorme te condemna!”[Augusto dos Anjos, 1912: 30 in EU]

Afinal de contas, quando foi que o povo brasileiro viveu sem crise e sem corrupção? Lembram-se do Brasil antes, durante e depois de JK, do Brasil nas ditaduras Vargas, militar? Enfim, lembram do Brasil/República, e até do Brasil/1500 em sua cena inaugural no Descobrimento de Pedro Álvares Cabral[c.1467-1520]?

Ainda mais se o povo que confere ao Presidente Lula 85% de Ibope, o político mais popular da Terra, segundo Obama, sinal de Deus contente com o Brasil, quer debater crise, corrupção da Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC e guerras. Crises e guerras estas, ressalte-se, dos Estados Unidos da América do Norte-EUA e da Europa estróina de moeda Euro. Ora gente, nem marolinha haverá, pois o Brasil está entre os dez maiores países da Terra em todas áreas, é o 8º na economia mundial, tem reserva de 230 bilhões de dólares, é o 3º Credor dos Estados Unidos da América do Norte-EUA, com 133 bilhões de dólares e 11 milhões de empregos no governo Lula.

(Prof. Dr. Montgomery Vasconcelos é concursado em 1º lugar desde 1991 à carreira do magistério superior na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/UFMS, Doutor em Comunicação e Semiótica/PUC-SP e presidente da Fundação Científica Reis de Leão e das Astúrias/FUCIRLA-SP)

 



Escrito por montgomeryvasconcelos@bol.com. às 11h16
[] [envie esta mensagem
]





Professor concursado em 1º lugar desde 1991 à carreira do magistério superior na UFMS, doutor em Semiótica/PUC-SP, presidente da Fucirla-SP, propõe extinção da USP, MEC por Ministério da Alfabetização

manifesto antiusp III

Vambora gente! Cadê a auto-estima e a soberania nacional? É só extinguir a Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC e criar o Ministério da Alfabetização pra substituí-los e salvar o Brasil de vez!

Arre com tanto pessimismo de eternos perdedores chorando de barriga cheia. Que blasfêmia! Depois não chorem o leite derramado de castigados inocentes úteis e colonizados felizes, com vocação pra escravos eternos! Eis a hora da libertação do Brasil, é presente de Deus, após 509 anos de sua cena inaugural, provando uma vez mais ser brasileiro! Esse debate como discussão nacional inadiável será pro povo brasileiro a sua maior redenção. Redenção esta que vem como prova de sua responsabilidade intransferível, de obrigação social e dever cívico moral. Principalmente no seu legítimo estado democrático de direito, graças às lutas conquistadas, com muitas derrotas e poucas mas significativas vitórias de outrora. Seguem-se quatro (4) sugestões, a saber:

1ª Sugestão pra debate nacional sobre corrupção da Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC, sua extinção, criação do Ministério da Alfabetização que tem de substituí-los, bem como corrupção das polícias; proposta pra criação duma Centúria Oficial Central de Alfabetização-COCA e extinção das polícias corruptas na União, com a participação de autoridades políticas, civis, militares, religiosas, filantrópicas e o fofoqueiro oficial. Ressalte-se que este fofoqueiro oficial foi estratégia imprescindível à luta contra corrupção, minada de vez por ele na era medieval e renascentista, segundo Mikhail Bakhtin[1895-1975] em sua tese A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais[Bakhtin, 1965: 1-419]

Urge debate sobre extinção da Universidade de São Paulo-USP/ Ministério da Educação-MEC, polícias corruptas e violência, indústria sem chaminé da segurança pública e privada, do ensino público e privado, com seu corporativismo perverso e protecionismo criminoso na União. Propõe-se medidas imediatas às polícias corruptas, que serão substituídas pela Centúria Oficial Central de Alfabetização-COCA[COC’s - Companhias de cem soldados, pra cada Centúria, subordinados aos Centuriões, comandados pelo Centurião Oficial Central e sua Guarda Pretoriana] junto ao Ministério da Alfabetização, Ministério de Assuntos Estratégicos do Brasil, Ministério da Defesa, Ministério da Justiça, Forças Armadas e Presidência da República.

A Centúria Oficial Central de Alfabetização-COCA objetiva combate radical à corrupção na Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC no ensino público e privado, à mentira, à desmoralização da segurança pública e privada, à desordem, à desonra, à indignidade, à indecência, à imoralidade, ao descontrole militar e civil, como também ao desserviço do dever cívico.

2ª Sugestão pra debate nacional sobre a corrupção na Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC no ensino público e privado, nos meios de comunicação e proposta pra criação duma Central Oficial de Comunicação e Alfabetização-COCA na União, com participação de autoridades políticas, civis, militares, religiosas, filantrópicas e o fofoqueiro oficial.

A Central Oficial de Comunicação e Alfabetização-COCA objetiva à imparcialidade na busca da verdade como a arma mais eficaz no combate radical à corrupção na Universidade de São Paulo-USP/ Ministério da Educação-MEC, no ensino público e privado, à mentira, à desmoralização da segurança pública e privada, à desordem, à desonra, à indignidade, à indecência, à imoralidade, ao descontrole social, à incivilidade e ao desserviço do dever cívico.

3ª Sugestão pra debate nacional sobre corrupção da Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC, no ensino público e privado, enchentes e proposta pra criação da Central Oficial Corretiva de Saneamento Básico, Comunicação e Alfabetização-COCSBCA, com participação de autoridades políticas, civis, militares, religiosas, filantrópicas e o fofoqueiro oficial.

4ª Sugestão pra debate nacional sobre corrupção da Universidade de São Paulo-USP/Ministério da Educação-MEC, no ensino público e privado, no Senado estróina e Congresso Nacional estróina. Propõe-se como medida imediata a criação duma Central Oficial Científica de Política, Comunicação e Alfabetização-COCPCA, com participação de autoridades políticas, civis, militares, religiosas, filantrópicas e o fofoqueiro oficial.

(Prof. Dr. Montgomery Vasconcelos é concursado em 1º lugar desde 1991 à carreira do magistério superior na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/UFMS, Doutor em Comunicação e Semiótica/PUC-SP e presidente da Fundação Científica Reis de Leão e das Astúrias/FUCIRLA-SP)

 



Escrito por montgomeryvasconcelos@bol.com. às 11h02
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]